Clube 1 - 660AM / 96.7FM | Ribeirão Preto/SP
Conteúdo nacional e internacional Rede BandNews
Henrique, da dupla com Juliano, fala pela primeira vez sobre a morte de Marília Mendonça
Foto: reprodução Instagram

A amizade de Henrique e Juliano com Marília Mendonça era antiga e muito forte! O trio sempre fazia questão de demonstrar o carinho que um sentia pelo outro. Na noite da última terça-feira (9), Henrique escreveu uma carta aberta falando sobre essa amizade e a perda precoce da artista, junto com seu assessor Henrique, e seu tio Silveira.

"Carta pra vocês…

Nosso muito boa noite a todos! Estou eu (Henrique) escrevendo essas palavras e façam delas, as do meu irmão também.
Desde que conhecemos alguém, temos a oportunidade de fazer amizade ou não. Cabe a nós decidirmos quem vai e/ou quem fica em nossa vida, pelos mais variados critérios possíveis.
Com a gente não foi diferente e conhecemos uma pessoa TÃO mas TÃO GRANDIOSA em si e em suas qualidades que mesmo que não quiséssemos, seríamos atraídos como imã para perto dela. Marília por mais que vocês conhecessem a força e a coragem, mostrou pra nós todas faces da personalidade de alguém! De pronto! Nós, retribuímos do mesmo jeito e algo grandioso se fez. Nossa relação só nós pra explicar. Uma ou duas pessoas no máximo pode até chegar perto da metade de tudo que viu e ouviu quando estávamos os 3 juntos. Dos puxões de orelha ao riso largo de orgulho éramos e fomos intensos. Verdadeiros um com o outro sem medo de Absolutamente nada! Sem essa de “ah mas vou magoar” fo**-se! Isso a gente resolvia depois, pois o importante era realmente um querer e fazer TUDO pro bem do outro mesmo que isso traísse as próprias convicções, afinal tempo existe para que tudo se transforme. Da semente ao consumo tudo se transforma e muita coisa participa do processo. Eu estou aqui dizendo isso pra vocês, pois tivemos uma amizade tão forte, tão incrível que recomendo sem moderações que provem do mesmo pelo menos uma vez na vida. Pelo menos com UMA ÚNICA pessoa.

Talvez na despedida a maioria tenha conhecido nossos laços. Laços que foram dados longe de toda a exposição da internet, da TV, do rádio. Laços de várias promessas feitas entre nós que foram e serão cumpridas à risca! Sem meio certo e meio errado. Não tenho palavras a escrever ou dizer pra ela. Aliás, não tenho eles pra dizer ou escrever nada. Nem pra ela, pro Bahia e nem pro Silveira. Silveira, sabia como ninguém curtir a vida. De tanto que chamava a gente por apelido, o apelido ficou pra ele. Das suas filhas ao meu pai ele era brincalhão assim! Não tenho palavras pra eles agora pois tive e tenho a certeza de que em todos nossos encontros sempre nos declaramos uns aos outros! Sempre me despeço com “fica com Deus” e com eles não fora diferente. Portanto, façam o mesmo! Em vida uns aos outros. Estejam tranquilos na partida de que se ama por ter presencialmente feito de tudo pra que essa pessoa se sentisse amada, cuidada e protegida! Não vou deixar mensagem para ninguém da família aqui pelo mesmo motivo que citei acima. Em vida, cuidemos! Em vida, façamos! Em vida, conversemos! Em vida, nos encontramos. Muito obrigado a todos por tudo o que fizeram por ela e por eles em vida, e pelo espetáculo que deram na despedida deles também. Se em sua fé acredita que eles viram, ótimo! Se na sua fé você acredita que não, ótimo também pois todos nós (Amigos, família e fãs) ainda estamos aqui e nos sentimos amados, cuidados e protegidos por todos vocês. Fiquem todos com Deus e até que a próxima cortina se abra".

Fonte: Fabíola Nishi.
Carregando os comentários...
Jornal da Band com Programação Clube 1
Carregando... - Carregando...