Clube 1 - 660AM / 96.7FM | Ribeirão Preto/SP
Conteúdo nacional e internacional Rede BandNews
Avião que Marília Mendonça viajava era de Henrique e Juliano antes de ser vendido a empresa de táxi aéreo
Foto: reprodução

O avião em que Marília Mendonça viajava era da dupla Henrique e Juliano antes de ser vendido à empresa PEC Táxi Aéreo em 9 de julho de 2020, informou a assessoria de Marília Mendonça.

Em um comunicado para a imprensa, a assessoria da cantora também comentou vários fatos que causaram polêmica nos últimos dias.

Na tarde do acidente, a assessoria chegou a comunicar que a cantora e todos os passageiros do avião tinham sido resgatados com vida e estavam a caminho do hospital. E eles explicaram o motivo.

"Em conhecimento do acidente, a assessoria de imprensa da artista buscou informações de fontes confiáveis. Estas informaram que estaria tudo bem e que todas as pessoas estavam sendo conduzidas ao hospital, somente para realizar procedimento padrão. Passados menos de 20 minutos, as mesmas notificaram a equipe sobre a fatalidade. A notícia foi repassada, primeiramente, aos familiares das vítimas. Vale ressaltar que todas informações foram disponibilizadas sempre baseadas em fontes confiáveis. Em nenhum momento o equívoco foi intencional, sempre prezamos pela ética profissional e moral", disseram.

Além de Marilia, estavam presentes na aeronave o produtor Henrique Ribeiro, o assessor e tio da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins de Medeiros Jr. e o copiloto Tarciso Pessoa Viana. 

No comunicado a assessoria também informou que os socorristas resgataram, além dos corpos, itens pessoais da tripulação, como o caderno de composição da sertaneja, três celulares, o violão dentro da capa e a mala de viagem vermelha de Marilia.

 

 

Fonte: Fabíola Nishi.
Carregando os comentários...
Clube 1 com Programação Clube 1
Carregando... - Carregando...