Clube 1 - 660AM / 96.7FM | Ribeirão Preto/SP
Conteúdo nacional e internacional Rede BandNews
Aumento de casos faz governo de SP estudar adoção de toque de recolher
Governo do Estado de São Paulo

O governo de São Paulo estuda anunciar a implementação de novas medidas restritivas a partir da próxima quarta-feira (24).  A declaração foi dada nesta segunda-feira (22) pelo secretário estadual de Saúde Jean Gorinchteyn, entrevistado na Rádio Bandeirantes. Ouça as declarações acima.

Segundo Gorinchteyn, o governo avalia se vai instaurar um toque de recolher ou recuar novamente para a fase vermelha no Plano São Paulo, com restrições nos horários noturnos. 

Ainda não foi definido se as mudanças valerão para todo estado ou apenas para as regiões mais afetadas pelo coronavírus. A decisão deve ser sacramentada em reunião do Centro de Contingência que acontecerá nesta terça-feira.

Mais cedo, durante coletiva, o secretário-executivo do Centro de Contingência, João Gabbardo, havia falado em anunciar medidas “de redução de mobilidade e movimentação de pessoas” na próxima quarta e que seriam implementadas a partir da próxima sexta, em recomendações “extraordinárias”, que foram enviadas ao governador João Doria. 

O número de internados em UTIs de São Paulo é o maior desde o início da pandemia: 6.410 pacientes - cerca de 67,9% das vagas em todo o estado, com cidades no limite de vagas, como Araraquara, que já adotou o lockdown por conta própria, e Araras.

Além disso, os infectados estão ficando mais tempo na terapia intensiva, indicando que a gravidade da doença aumentou. 

Na última atualização do plano, anunciada na última sexta-feira (19), foi determinado o prolongamento do horário para o consumo de bebidas alcoólicas em regiões que estão na fase amarela.

Fonte: Band.
Carregando os comentários...
Programa Cumpadre Mineiro com Programação Clube 1
Carregando... - Carregando...